14/01/2022 às 15:24, Atualizado em 14/01/2022 às 16:29

Na entrega de cestas, prefeita anuncia que dia 24 começa distribuição de gás

Cb image default
Foto: Rafael Brites

Ao participar nesta sexta-feira, no CRAS Cascatinha, da entrega de 639 cestas básicas a famílias em situação de vulnerabilidade social, a prefeita de Sidrolândia, Vanda Camilo, anunciou que a partir do próximo dia 24, começa a distribuição de 1.659 botijões de gás.

Os botijões já foram adquiridos pela Cooperativa Mista da Pecuária Leiteira, em parceria com a Fundação Banco do Brasil. A Secretaria Municipal de Assistência Social está organizando a logística que prevê pelo menos 17 pontos de distribuição na área urbana, aldeias e Distrito do Quebra Coco. Entre os beneficiários, as 639 famílias que receberam a cesta hoje e as 1.020 atendidas mês passado. Todas serão contatadas e terão que levar um botijão vazio.

Os botijões foram adquiridos no comércio de Sidrolândia ao preço de R$ 95,00, o que representou a injeção de R$ 155,705,00 na economia da cidade. A prefeita informou que a partir do próximo dia 18 começa o pagamento do auxílio gás de R$ 52,00, para famílias de baixa renda, inscritas no Cadastro Único. O vale, que corresponde à metade do custo do botijão, será pago a cada dois meses. 

Cb image default
Foto: Rafael Brites

A entrega

A prefeita Vanda Camilo esteve hoje no CRAS São Bento um dos quatro pontos de entrega das cestas. Fez questão de se juntar aos funcionários da Assistência. Pegou os documentos pessoais e localizou se quem chegava para receber estava na lista de contemplados.

Foram entregues 180 cestas no CRAS São Bento, 180 no do Cascatinha, 170 no CRAS Jandaia, 100 na sede da Supera e 9 na própria Secretaria. A secretária Aletânia Ramires Gomes foi ao Quebra Coco para a entrega no distrito.

Entre os beneficiados, dona Geraldina Aparecida de Souza, 62 anos, que há 4 anos trava luta contra o câncer de colo de útero. Para ela, que vive com um salário mínimo de benefício e da renda obtida pelo marido com diárias, a cesta vem em boa hora, a garantia de um cardápio mais variado por alguns dias." Fiquei muita feliz quando a moça da Assistência me ligou pra avisar que receberia a cesta", revela.

A cesta básica tem um pacote com 5kg de arroz; 1kg de feijão; um pacote de sabão em barra; um detergente de 500ml; um pacote com iogurtes de 900ml; um pacote de farinha de mandioca; laranja; mandioca; alface; banana; abóbora; quiabo; berinjela; pimentão; jiló e pepino. Só o arroz e os produtos de limpeza não foram adquiridos da agricultura familiar.

As primeiras 1020 beneficiadas receberam a cesta na presença da ministra da Agricultura, Tereza Cristina.