29/06/2021 às 13:33, Atualizado em 29/06/2021 às 13:39

Prefeitura, Estado e deputados discutem estação de gás natural em Sidrolândia

Prefeita, secretário de Estado e Município, deputados Paulo Corrêa e Gerson Claro, e diretor da MSGAS, tratam de um investimento de R$ 50 milhões em Sidrolândia

Cb image default
Autoridades discutem estação de gás em Sidrolândia (Foto: Assessoria)

Como mais um passo para impulsionar o desenvolvimento socioeconômico e dotar mais regiões do Estado de uma nova e atrativa infraestrutura energética, a MSGÁS (Companhia de Gás do Estado de Mato Grosso do Sul) discutiu com representantes do Governo Estadual, Assembleia Legislativa e o município de Sidrolândia, projeto de expansão de sua rede de distribuição de Gás Natural, com investimentos da ordem de R$ 50 milhões.

O diretor-presidente da Companhia, Rui Pires dos Santos, e o diretor técnico e comercial, Bernardo Prates, estiveram na sede da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), com o titular da pasta, Jaime Verruck, com o secretário de infraestrutura, Eduardo Riedel, e os deputados estaduais Paulo Corrêa (presidente da Assembleia Legislativa de MS) e Gerson Claro, para um encontro com a prefeita de Sidrolândia, Vanda Camilo, para tratarem de um projeto que deve resultar em ao menos R$ 50 milhões em investimentos para a região.

“Estamos falando da implantação em Sidrolândia de uma estação de redução secundária de Gás Natural, para atender a primeira fase do ramal sul, que deve levar o Gás até o município de Dourados, passando ainda por Maracaju e Rio Brilhante”, explicou Rui.

O presidente da Assembleia destacou que a implantação de um novo ramal de gás deve atrair indústrias para a região. Já o deputado Gerson Claro afirmou que a sociedade de Sidrolândia vive uma grande expectativa com a chegada do gás natural.

“Isso deve atrair, certamente, novas empresas e novos negócios para o município”, afirmou Eduardo Riedel, durante o encontro, que aconteceu na tarde desta segunda-feira (28).

Para o titular da Semagro, a implantação de um ramal da MSGÁS em Sidrolândia, oferecendo uma energia limpa, eficiente e econômica, ‘muda a atratividade do município’.

O diretor técnico da Companhia explicou que o projeto do novo ramal já está em execução, e que será necessário que o município possa destinar uma área em seu entorno para abrigar a estação de redução.

Vanda Camilo e representantes da Companhia continuarão a discussão para definição da área, etapa fundamental para ampliação do fornecimento de Gás Natural em MS.