12/04/2022 às 15:30, Atualizado em 12/04/2022 às 15:46

Prefeitura vai subsidiar entrada do financiamento da casa própria da população de baixa renda

Cb image default
Foto: Rafael Brites 

A prefeita de Sidrolândia, Vanda Camilo, vai encaminhar à Câmara Municipal o projeto de lei que cria o Programa Edificando Sonhos. O programa vai subsidiar até RS 10 mil do valor de entrada dos financiamentos da casa própria de famílias com renda de até 5 salários mínimos. Inicialmente será aberto neste ano crédito orçamentário de R$ 500 mil, que pode ser elevado até R$ 750 mil.

Serão atendidas famílias que forem selecionadas em programas públicos de habitação de interesse social por meio de chamamento público. Inicialmente o subsídio vai contemplar as famílias beneficiadas com as 241 casas que serão construídas no Diva Nantes.

Segundo a prefeita Vanda Camilo, o programa, que complementará outros subsídios concedidos pelo Estado e o Governo Federal, beneficiará, por exemplo, quem não tem saldo de FGTS para ser usado para o pagamento da entrada exigida pelo agente financeiro.

O programa

De acordo com o projeto, o Programa Edificando Sonhos será executado pela Coordenadoria Municipal de Habitação e Urbanismo. Só poderão ser beneficiadas famílias que não têm outro imóvel. A restrição não se aplica àquelas famílias que tenham um membro beneficiário de até 40% de imóvel fruto de herança. Há situações em que o marido ou a mulher recebam parte de uma casa herdada dos pais.