09/01/2019 às 14:47, Atualizado em 09/01/2019 às 15:23

Prefeitura reafirma a novo presidente e antecessor os compromissos com o Hospital

Entidade mantenedora empossou nova diretoria, que ouviu do prefeito a garantia da continuidade dos repasses

Cb image default
Reunião desta manhã entre prefeito, secretários e gestores do Hospital (Foto: Rafael Brites)

A Sociedade Beneficente Dona Elmíria Silvério Barbosa, mantenedora do Hospital em Sidrolândia, empossou recentemente a nova diretoria. O novo presidente, Luiz Carlos Alves da Silva e seu antecessor, Ademir Camilo, estiveram na manhã desta quarta-feira (09/01) representando a instituição em reunião na Prefeitura, onde foram recepcionados pelo prefeito Dr. Marcelo Ascoli e secretários do Paço Municipal, além de Nélio Saraiva Paim Filho, titular da Saúde.

Em suas falas, Luiz Pitó e Mico, como são conhecidos Luiz Carlos e Ademir, respectivamente, declararam que a nova diretoria do Hospital não terá viés político-partidário e afirmaram que pretendem manter a boa relação existente entre Prefeitura e entidade mantenedora, com o pensamento único e exclusivo de prestar atendimento de qualidade aos cidadãos sidrolandenses.

Falando pela Prefeitura, o Dr. Marcelo por sua vez, reiterou o compromisso da continuidade dos repasses financeiros para o Hospital, agradeceu ao ex-presidente Ademir Camilo pela excelente relação mantida entre as instituições, e assegurou a Luiz Carlos que a Gestão 2017/2020 seguirá como parceira da Sociedade Beneficente Dona Elmíria Silvério Barbosa.

Repasses ao Hospital

A atual Administração Municipal repassa ao Hospital, a título de subvenção, R$ 165 mil (estão incluídos neste montante os R$ 25 mil destinados ao Centro de Parto Normal – CPN).

Pela Prefeitura também são pagos R$ 82 mil de Contratualização (Estado envia outros R$ 75 mil, e a União R$ 131 mil – inclusos R$ 50 mil para o CPN).

A Administração Municipal também arca com a manutenção das três ambulâncias (mecânica, combustível, documentação) pelo Hospital, além dos salários dos seis motoristas. Estes custos estão em torno de R$ 30 mil

Somados os recursos aplicados pela Gestão Municipal no Hospital, totalizam mais de R$ 277 mil mensais.