27/03/2017 às 09:39, Atualizado em 27/03/2017 às 17:59

Educação em Saúde e Assistência Social se mobilizam para combater o Aedes aegypti em Sidrolândia

Cb image default
Divulgação

Entre os dias 20 e 23 de março, a coordenação de Educação em Saúde e as equipes de assistência social dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), dos Centros de Referência Especializados da Assistência Social (CREAS) entre outras unidades que integram o SUAS, juntamente com o controle de vetores e agentes comunitários de saúde realizaram um ciclo de palestras de conscientização para o combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. Esta ação foi idealizada pelo Governo Federal e faz parte da Semana Nacional de Mobilização Nacional da Rede de Assistência Social contra o mosquito Aedes aegypti.

As atividades envolveram as famílias beneficiadas pelo Programa Bolsa Família, os usuários e todos os trabalhadores do sistema de assistência e lideranças comunitárias.

A semana de mobilização aconteceu pela primeira vez em Sidrolândia e foi coordenada pela enfermeira, Ana Lidia Ascoli, coordenadora de Educação em Saúde, e o secretário de Assistência Social, Paulo Atílio Pereira.

“ Sabemos que a informação e a conscientização da população é uma das principais armas para evitar a proliferação do mosquito, por isso, o trabalho não pode parar. É a primeira vez que Sidrolândia realiza esta semana juntamente com o sistema único de assistência social, e o envolvimento foi muito positivo. Conseguimos reunir as famílias, principalmente mães, para orientar dos perigos dessas doenças, principalmente o vírus da zika que causa síndromes congênitas aos bebês”, explicou a coordenadora Ana Lídia Ascoli.

Cb image default
Divulgação

Os Centros de Referência da Assistência Social dos bairros Cascatinha, Jandaia e São Bento receberam as equipes que envolveram idosos, crianças e mães nas atividades.

“A rede de atendimento do SUAS é muito ampla, a integração com as equipes de saúde é muito importante para disseminar as orientações sobre o combate do mosquito e engajar todos os cidadãos nesta luta que deve ser o ano inteiro, disse o secretário de Assistência Social, Paulo Atílio.

O prefeito Dr. Marcelo Ascoli também participou das atividades e parabenizou as equipes pela organização das ações. "Não podemos deixar passar oportunidades em que o governo federal nos orienta a fazer, principalmente em relação a estas doenças tão sérias causadas pelo mosquito aedes. Sei que essa é a primeira vez que Sidrolândia desenvolve esta atividade. Parabéns a todas as equipes envolvidas. Estamos priorizando a saúde em nosso município e esse é mais um cuidado importantíssimo que devemos ter", afirmou o prefeito.