25/04/2017 às 17:20, Atualizado em 03/06/2017 às 15:12

Idosos recebem dose da vacina contra gripe durante esta semana nos CRAS em Sidrolândia

Cb image default
Vacinação INFLUENZA  CRAS Cascatinha (Foto: Rafael Brites)

Durante esta semana os idosos receberão doses da vacina INFLUENZA nos Centros de Referência da Assistência Social. Uma programação foi montada pelas Secretarias de Saúde e de Assistência Social, através da Coordenadoria de Educação em Saúde. Hoje, a coordenadora de Educação em Saúde, Ana Lídia Ascoli, realizou a imunização dos idosos da região do Bairro Cascatinha, atendidos pelo CRAS.

Amanhã (quarta-feira) a vacinação será no CRAS São Bento às 09h, no dia 27/05 (quinta-feira) será no CRAS Jandaia e na sexta-feira se encerra no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos no Bairro São Bento.

“É muito importante que as pessoas do grupo prioritário se vacinem o quanto antes. A pessoa leva 15 dias para ficar imune a doença após tomar a vacina. Por isso, elaboramos uma agenda para atender os idosos para agilizar o atendimento, explicou a coordenadora Ana Lídia.

Cb image default
Divulgação

A vacinação contra a INFLUENZA acontece em todos os postos de saúde do município e vai até dia 26 de maio. O público-alvo da campanha é formado por pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores de saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas – e os funcionários do sistema prisional.

Portadores de doenças crônicas não transmissíveis, que inclui pessoas com deficiências específicas, também devem se vacinar.

O objetivo do ministério é vacinar 90% da população considerada de risco para complicações por gripe. A meta de vacinação deste ano aumentou devido aos índices alcançados nos últimos anos, que ultrapassaram 80%. O ano de 2016 foi o primeiro em que este índice ultrapassou 90% e atingiu 93,5% de cobertura vacinal.