11/04/2018 às 17:28, Atualizado em 11/04/2018 às 17:36

Mais de R$ 2 milhões serão liberados para ações na Saúde em Sidrolândia

Emendas federais de 2017 asseguram investimentos para custeio, aquisição de veículos, equipamentos e ambulâncias

Cb image default
Prefeito, vice, secretário e diretora da UPA Cleide, em 2017 (Foto: Rafael Brites) 

A Secretaria Municipal de Saúde recebeu do Ministério da Saúde informações animadoras sobre a destinação de recursos federais, provenientes das emendas parlamentares articuladas pelo prefeito Marcelo Ascoli com equipe administrativa e base de sustentação junto aos deputados federais e senadores no ano de 2017.

A Prefeitura de Sidrolândia terá mais de R$ 2 milhões para benfeitorias no âmbito da Saúde Pública, que contemplam aquisições e custeio em unidades básicas. O Dr. Marcelo Ascoli e o secretário de Saúde Nélio Saraiva Paim Filho, contaram com o apoio da equipe – composta pelo vice-prefeito Wellison Muchiutti Hernandes, primeira-dama Ana Lídia, diretora Ivanir Areco e equipes do Departamento de Planejamento e da Saúde, secretários municipais e vereadores – para indicação das necessidades e desenvolvimento dos projetos encaminhados em tempo hábil para o cadastramento dessas emendas.

O Ministério da Saúde enviou ao Município o andamento da tramitação dos processos, e alguns já estão em fase de liberação dos recursos.

Dinheiro liberado

Da emenda parlamentar do ano de 2015 de autoria do deputado federal Dagoberto Nogueira Filho para a reforma do Posto de Saúde Central “Acelino Roberto Ferreira – Uru”, uma parte do investimento total, R$ 149.961,00 já está na conta.

O Ministério da Saúde liberou o dinheiro recentemente, possibilitando novo ritmo à obra no prédio.

Cb image default
Unidades de saúde serão contempladas com recursos para custeio (Foto: Rafael Brites)

R$ 1,1 milhão em Custeio

As unidades de saúde receberão investimentos em materiais utilizados rotineiramente e outras benfeitorias, provenientes das emendas liberadas por seis parlamentares.

O Ministério da Saúde informou que esta proposta já foi enviada para publicação de Portaria, o que quer dizer que em curto espaço de tempo, estará disponível para utilização.

O montante será de R$ 1.100.000,00. Os deputados federais que contribuíram com este aporte são Vander Loubet (R$ 250 mil), Zeca do PT (R$ 250 mil), Tereza Cristina (R$ 200 mil), Dagoberto Nogueira Filho (R$ 100 mil). Da senadora Simone Tebet são mais R$ 300 mil.

Veículos para equipes e equipamentos

Emenda de R$ 300 mil também de autoria da senadora Simone será empregada na compra de duas camionetes diesel 4x4 e um carro 4 portas.

As viaturas serão utilizadas para o trabalho das equipes das repartições da Secretaria Municipal de Saúde.

Com o recurso ainda devem ser comprados equipamentos odontológicos, aparelhos de ar condicionado e ventiladores que serão instalados em unidades básicas.

Gabinete Odontológico

O deputado federal Elizeu Dionizio disponibilizou emenda de R$ 25 mil, que somado a uma emenda da deputada estadual Mara Caseiro, destinadas a um gabinete odontológico completo (cadeira, compressor, raio x, US e autoclave).

Ambulâncias e Vans

A articulação dos gestores da Prefeitura de Sidrolândia no ano de 2017 junto à bancada federal, possibilitará a aquisição de ambulâncias e vans para transporte dos pacientes.

O deputado licenciado e atual ministro Carlos Marun destinou R$ 80 mil para uma ambulância. O senador Waldemir Moka também garantiu R$ 80 mil para a Prefeitura adquirir outra ambulância.

Duas vans serão compradas, graças às emendas do deputado Geraldo Resende e do senador Pedro Chaves, com o valor de R$ 190 mil de cada parlamentar.

Emendas estaduais

O secretário de Saúde Nélio Saraiva Paim Filho, lembrou que o prefeito liderou a mobilização da equipe em articulações junto à Assembleia Legislativa, para assegurar à Prefeitura mais recursos, desta vez dos cofres estaduais.

Serão nove projetos somente para a saúde, cujas emendas foram apresentadas pelos deputados estaduais Cabo Almi, João Grandão, Amarildo Cruz, Zé Teixeira, Paulo Correa, Márcio Fernandes, Júnior Mochi, Prof. Rinaldo e Enelvo Felini.

A liberação destes investimentos pelo Governo do Estado reforçará o aporte para garantir aquisições de equipamentos, veículos, ambulâncias e custeio.