30/05/2017 às 15:02, Atualizado em 03/06/2017 às 14:51

Prefeitura coloca UPA 24h em funcionamento neste dia 05 de junho

Cb image default
Prefeito Dr. Marcelo, vice Wellison Muchiutti, secretário de Saúde, Nelio Paim e a enfermeira Cleide, conferindo os últimos detalhes antes do funcionamento.

Foto: Rafael Brites

Na contra mão de outros municípios, Sidrolândia está ampliando os serviços de saúde na cidade e na área rural e colocando à disposição da população a Unidade de Pronto Atendimento 24h.

Completando 180 dias de governo, o prefeito Dr. Marcelo Ascoli, entregará em funcionamento a UPA 24h à população neste dia 05 de junho, às 7h. Um compromisso feito durante a campanha dando prioridade a saúde.

O prédio da UPA foi inaugurado em dezembro de 2015, mas não entrou em funcionamento. O custo da obra foi aproximadamente R$ 2 milhões de reais conseguidos através do PAC no final de 2012.

A unidade chegou a ter duas datas previstas para a inauguração em 2016, mas a administração anterior alegou a falta de recursos e o alto custo mensal para manter a UPA 24h em funcionamento. São calculados aproximadamente R$ 800mil reais mensais.

Em janeiro de 2017 começou uma força tarefa para a população ter acesso e usufruir dos atendimentos oferecidos pela UPA e voltar a ter um atendimento 24h no município, já que o atendimento na unidade central de saúde havia sido interrompido há mais de 03 anos e meio e passou a ser somente 18h por dia.

Cb image default
Divulgação

O prédio foi recebido com inúmeras falhas estruturais e algumas exigências do Ministério da Saúde não estavam de acordo. Um engenheiro elétrico precisou ser contrato e, a unidade que nunca tinha sido usada, precisou passar por reformas e adequações.

“Foi preciso mexer em muita coisa, adaptar o prédio novamente para nos adequar às exigências do ministério e para oferecer à população uma estrutura com qualidade. Chovia mais aqui dentro do que lá fora”, afirmou a coordenadora da UPA, Cleide Machado.

O prefeito e o secretário de Saúde, Nelio Paim, acompanham desde janeiro as adaptações e as reformas do prédio.

Muitos duvidaram, até pela crise que os municípios vivem. Mas unimos forças, trabalho e compromisso de priorizar a saúde em nosso mandato"

Dr. Marcelo Ascoli, prefeito.

“Este é um momento que todos esperávamos, colocar aquela obra enorme em funcionamento beneficiando a população. Muitos duvidaram, até pela crise que os municípios vivem. Mas unimos forças, trabalho e compromisso de priorizar a saúde em nosso mandato e entregaremos a UPA ampliando em 80% o atendimento. Foi um desafio, a saúde sempre é um desafio, mas força de vontade e compromisso não nos falta”, disse o prefeito Dr. Marcelo.

As equipes estão finalizando, esta semana, treinamentos com os novos equipamentos; eletrocardiograma, raio-x, desfribilador e outros para urgência e emergência.

Cb image default
Leitos da pediatria sendo finalizado. Foto: Rafael Brites

Funcionamento da UPA 24h

Irá funcionar 24 horas por dia, sete dias por semana. Com isso, ajudará a diminuir as filas no do hospital. A UPA inova ao oferecer estrutura simplificada, com raio-X, eletrocardiografia, pediatria, laboratório de exames e leitos de observação. Nas localidades que contam com UPA, 97% dos casos são solucionados na própria unidade. Quando o usuário chega às unidades, os médicos prestam socorro, controlam o problema e detalham o diagnóstico. Eles analisam se é necessário encaminhar a um hospital ou mantê-lo em observação por 24 horas.

As UPAs fazem parte da Política Nacional de Urgência e Emergência, lançada pelo Ministério da Saúde em 2003, que estrutura e organiza a rede de urgência e emergência no país, com o objetivo de integrar a atenção às urgências.

De acordo com a enfermeira Cleide, o SAMU ainda continuará no prédio que está e levará pacientes em emergência para atendimento no hospital até a conclusão do asfalto que dará acesso à emergência e urgência.